Prefeituras     Câmaras     Outras Entidades
 
 
 
SEJA BEM VINDO A TRIBUNA ONLINE
GUANAMBI/BAHIA - Sábado, 02 de Julho de 2022
 
 
 
ONDE ESTOU: PÁGINA INICIAL > NOTÍCIAS
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

   
 
 

EDITAIS

NOTÍCIAS

 

Bahia tem maior preço médio de gasolina do país; 9 das 20 cidades com combustível mais caro são do Estado, aponta ANP
Levantamento da Agência Nacional do Petróleo mostra as cidades de Teixeira de Feitas e Caetité com o maior preço médio do combustível.
Quarta-Feira, 22 de Junho de 2022

Teixeira de Freitas, no Extremo-Sul da Bahia, têm o maior preço da gasolina do Estado e o segundo maior preço do combustível no país, R$8,59, aponta levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre os dias 12 e 18 de junho.

Entre as 20 cidades do país com os maiores preços pelo litro de gasolina encontrado pela ANP, nove são baianas. Além de Teixeira de Freitas, Caetité, Porto Seguro, Irecê, Poções, Vitória da Conquista, Ilhéus, Livramento de Nossa Senhora e Brumado completam a lista.

Extremo-sul e Sudoeste da Bahia são as regiões do Estado onde o consumidor paga mais caro pelo litro da gasolina. Enquanto o preço médio do combustível no Extremo-Sul é de R$8,24, no Sudoeste a média fica em R$8,16. O menor preço médio da gasolina é encontrado na região Nordeste, R$7,76.

No Sudoeste, Caetité é a cidade onde é possível encontrar o maior preço do combustível, R$8,54. Já em Livramento de Nossa Senhora, foi onde a ANP encontrou o menor preço por litro, R$7,19.

A Bahia, que em abril ocupava o 11° lugar entre os estados com o maior preço médio da gasolina, custando R$7,49 o litro, saltou para a primeira posição neste mês de junho, com gasolina custando em média R$8,01 – aumento de 6,94%.

No período do levantamento da ANP, Serrinha, no Centro-Leste, é a cidade com o menor preço do litro da gasolina, R$6,99. Entre os postos pesquisados pela Agência, em Salvador foi encontrado o segundo menor valor da gasolina no Estado, R$7,05.

Levando em consideração o preço médio da gasolina, Serrinha tem o menor, R$7,51; enquanto Caetité tem a maior média, R$8,40. Para abastecer o tanque de um carro compacto com cerca de 50 litros, o consumidor poderia gastar por volta de R$420 em Caetité, e teria uma economia de R$44,50 abastecendo em Serrinha. O problema é que as cidades ficam distantes 587 quilômetros uma da outra.


Preço do diesel não para de subir



O levantamento de preços dos combustíveis feito pela ANP foi realizado antes do último reajuste do diesel no Estado, anunciado pela Acelen na última sexta-feira (17), mesmo assim os dados apontam a Bahia com o segundo maior preço médio do combustível, R$7,53, atrás apenas do Acre, com preço médio do diesel em R$7,98.

Das 10 cidades com o maior preço do diesel no País, oito são baianas. O maior preço de diesel encontrado pelo levantamento da ANP foi em Valença, Sul da Bahia, custando R$8,63 o litro. Logo depois vem Guanambi, na região Sudoeste do Estado, com diesel a R$8,49.

Procurada para comentar os dados da ANP, a Acelen, empresa que opera a Refinaria Mataripe, informou que os preços dos produtos produzidos seguem critérios de mercado que levam em consideração variáveis como custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais, dólar e frete.

 

FONTE: g1.globo.com/ba  
 
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

   
 
    © 1999-2022 TRIBUNA ONLINE