Prefeituras     Câmaras     Outras Entidades
 
 
 
SEJA BEM VINDO A TRIBUNA ONLINE
GUANAMBI/BAHIA - , 19 de Abril de 2024
 
 
 
ONDE ESTOU: PÁGINA INICIAL > NOTÍCIAS
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

   
 
 

EDITAIS

NOTÍCIAS

 

Com alta nos casos de dengue, Ministério da Saúde amplia para R$ 1,5 bilhão recursos emergenciais
Fundo, reservado a estados e municípios, será destinado para medidas de prevenção de emergência na saúde pública
Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2024

Em meio aos casos crescentes de dengue no país, o Ministério da Saúde ampliou para R$ 1,5 bilhão os recursos reservados para o enfrentamento de emergências para apoiar estados, municípios e o Distrito Federal. O fundo será destinado “para medidas de prevenção, controle e contenção de riscos em situações que podem ser epidemiológicas, de desastres, ou de desassistência à população”, informou a pasta.


Em 2023, a pasta já havia reservado R$ 256 milhões para esse fim. Na época, os investimentos foram efetivados a fim de fortalecer as ações de vigilância e contenção do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, além do fomento de ações de vigilância em saúde.

Segundo o ministério, para receber o auxílio, a unidade da federação ou município deve enviar ao governo federal um ofício com a declaração de emergência em saúde. Os repasses serão mensais durante a vigência do decreto de emergência.

Além disso, será necessário apresentar um plano de ação, apresentando a condição de saúde local, e detalhar as atividades de saúde a serem realizadas e os respectivos valores estimados.

Dengue no Brasil


No início da semana, o Brasil atingiu a marca de meio milhão de casos prováveis de dengue, segundo o Painel de Monitoramento de Arboviroses, do Ministério da Saúde. Apenas este ano, são 512 mil registros da doença, 75 óbitos confirmados e 340 em investigação. A última atualização foi feita nesta segunda-feira (12).


Desde o ano passado, o Brasil vem enfrentando um aumento nos casos de dengue. Apenas nas quatro primeiras semanas de 2024, 243.720 casos prováveis da doença foram notificados, ultrapassando o total de suspeitas registradas em 2017 (239.389 casos). O número corresponde a um aumento de 273% em relação ao mesmo período de 2023.

A dengue é uma doença transmitida pela fêmea infectada do mosquito Aedes aegypti, que causa principalmente dores musculares, atrás dos olhos e de cabeça, vômitos persistentes e letargia.

 

FONTE: r7.com  
 
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

   
 
    © 1999-2024 TRIBUNA ONLINE